Novo golpe do auxílio emergencial rouba dados pessoais do usuário, Como se proteger!

Apareceu um novo golpe aplicado por hackers em beneficiários do auxílio emergencial. Polícia Federal (PF) alerta! Os criminosos enviam uma falsa mensagem por e-mail para roubar dados sensíveis de usuários dos sistemas da Caixa Econômica Federal.

LEIA TAMBEM: Depósito Feito Nas Casas Lotéricas Cai na mesma hora? Veja!

O Novo golpe do auxílio emergencial

A mensagem enviada por e-mail induz os usuários a fazer um falso procedimento de segurança. Supostamente para não perder o acesso ao auxílio emergencial, aos caixas eletrônicos, ao site e ao aplicativo da Caixa. Para convencer o usuário a fazer o que está sendo pedido, a mensagem se aproveita do aumento do número de fraudes registrado em agosto deste ano.

Os especialistas dizem sempre que determinado assunto está em evidência, viralizam golpes a respeito. Justamente o caso do auxílio emergencial, com o recente anúncio do governo federal de que o pagamento será prorrogado até dezembro, com mais quatro parcelas de R$ 300.

Como funciona o golpe?

No texto enviado, os bandidos pedem que o internauta clique em um botão e siga os procedimentos apresentados em tela. Por fim, o dispositivo pessoal (computador ou celular) é infectado com programas maliciosos que capturam informações pessoais. Como por exemplo, dados bancários e senhas, bem como fotos e vídeos.

Como se proteger?

Jamais clicar em links para impedir a instalação de programas enviados por e-mail, SMS ou WhatsApp. Em caso de suspeita, o interessado deve entrar contato com o banco para saber se há alguma pendência em seu cadastro ou alguma informação a ser atualizada.

Geralmente os bancos não costumam enviar e-mails sobre questões de segurança aos clientes. No caso do auxílio emergencial, a comunicação da Caixa com o beneficiário é feita pelo aplicativo Caixa Tem. Se o usuário é vítima de um golpe dessa natureza, é importante também proceder com o registro em uma delegacia policial.

Compartilhe