Governo libera saque Pis Pasep – Confira os calendários

Anúncios

Sobre a noticia de que “Governo libera saque pis pasep”, quando você poderá receber? A Caixa Econômica Federal (CEF) e o Banco Federal do Brasil (Banco do Brasil) divulgaram em fevereiro a liberação do PIS Pasep 2020-2021 para os trabalhadores nascidos entre março e junho (da iniciativa privada recebendo PIS), e beneficiários com os últimos números do benefício de 6 a 9 (do setor público, recebendo Pasep).

Esses valores já foram creditados:

Anúncios
  • Para trabalhadores do setor público: em conta corrente para aqueles que são correntistas do Banco do Brasil
  • Para trabalhadores da iniciativa privada: na conta corrente para quem já é um correntista da Caixa, ou na conta poupança digital (CAIXA TEM, a mesma conta que serve para pagar o  Auxílio Emergencial) criada automaticamente de forma gratuita.

O governo federal paga o PIS/PASEP anualmente. Trata-se de um benefício para a classe trabalhadora cuja renda máxima mensal é de no máximo dois salários mínimos. O calendário de pagamento teve início em 2020, e é organizado levando em consideração o mês de nascimento (PIS) dos trabalhadores do setor privado e o número de matrícula final (Pasep) dos servidores públicos. Normalmente, esses valores são repassados entre julho e junho do ano seguinte, mas devido à crise do covid-19, o valor ficará retido apenas até fevereiro de 2022.

Como fazer o saque?

Para o beneficiário do PIS, caso a Caixa não consiga depositar o abono salarial em contas existentes ou na Conta Poupança Social Digital, o trabalhador pode utilizar o Cartão do Cidadão e a senha para sacar nos caixas eletrônicos, na loteria, na agência ou nos Correspondentes Caixa Aqui, os saques já estão liberados.

Para aqueles que recebem o Pasep, também é possível sacar os recursos diretamente nas agências do Banco do Brasil, os saques também já estão liberados. Para o PIS e o Pasep, os recursos serão repassados ​​aos trabalhadores até o dia 30 de junho de 2021 (prazo para recebimento).

O valor do PIS Pasep 2020-2021 varia entre R$ 92,00 e R$ 1.100,00, dependendo do tempo exercido de trabalho formal em 2019. O governo libera saque pis pasep de acordo com o cronograma de pagamento do último lote proposto pelo governo federal com um mês de antecedência. Inicialmente, os trabalhadores nascidos em maio e junho receberão os pagamentos com vencimento a partir de 17 de março.

Anúncios

Calendário para os saques do Pasep

calendario saque do Pasep
Calendário para os saques do Pasep – Foto: Reprodução

Calendário para os saques do Pis

Calendário para os saques do Pis
Calendário para os saques do Pis – Foto: Reprodução

Remarcação do PIS / PASEP 2021

De acordo com a Equipa da Economia Federal, a decisão de adiar o pagamento do abono salarial deveu-se à necessidade de manutenção das contas da União. Devido à existência permanente do covid-19, o governo continuará a efetuar pagamentos do BEm a quem teve dias de trabalho reduzidos.

Isso significa que, ao reprogramar o PIS/PASEP para 2022, a equipe federal fará a distribuição interna da renda. Agora, o valor destinado ao pagamento do abono salarial será parcelado pelo BEm até que novos recursos sejam apurados.

Quem pode fazer os saques do abono salarial ainda este ano?

Lembre-se de que o calendário de pagamentos para o ano base 2018 e 2019 ainda não foi totalmente encerrado, apenas este grupo ainda tem autorização de retirada. Aqueles que trabalharam nos anos acima e não sacaram fundos devem sacar os benefícios antes de junho, caso contrário, eles ficarão travados sem possibilidade prevista de novos saques.

O governo enfatizou que as retiradas devem ser concluídas antes de 30 de junho. Segundo dados da Caixa, cerca de 887 mil pessoas ainda não sacaram o dinheiro, e o valor usado apenas para o PIS chega a 625 bilhões de reais.

Quem tem direito e qual o valor?

Tem direito ao abono salarial quem em média recebeu no máximo dois salários mínimos mensais em 2019 por meio de um contrato formal e exerceu atividades remuneradas por pelo menos 30 dias. Você ainda deve estar inscrito há pelo menos 5 anos no PIS / Pasep para participar e ter os dados atualizados pelo empregador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais) ou eSocial de acordo com a categoria da empresa.

Com o reajuste do salário mínimo em janeiro, com base no número de meses trabalhados no ano base 2019, o abono salarial tem valores entre R$ 92,00 a R$ 1.100,00. Só tem direito ao valor total quem trabalhou os 12 meses do ano de 2019.

Como saber se tenho direito e como realizar o saque?

Para sacar o PIS, o trabalhador com o Cartão do Cidadão e senha registrada pode se dirigir ao terminal de autoatendimento da Caixa ou à lotérica. Caso não possua o Cartão do Cidadão, pode receber o dinheiro em qualquer agência da Caixa, mediante apresentação do documento de identificação.

Também é possível obter informações sobre o PIS pelo telefone 0800-726-02-07 da Caixa. Os trabalhadores também podem agendar consultas em “Consultar Pagamento” no site www.caixa.gov.br/PIS. Para isso, é necessário ter em mãos o número do NIS (PIS / Pasep).

Os servidores autorizados a sacar o Pasep precisam verificar se há depósito em conta. Caso não tenha ocorrido, eles precisam procurar uma agência do Banco do Brasil e apresentar o documento de identidade. Para mais informações sobre o Pasep, ligue para o Banco do Brasil pelo telefone 0800-729 00 01 ou acesse www.bb.com.br/pasep.

Anúncios

Medidas que o governo ainda vai adotar

As medidas listadas a seguir fazem parte do plano de emergência do Governo Federal, que foi aprovado ou ainda deve ser confirmado ao longo do ano, consulte:

  • Antecipação do 13º salário do INSS;
  • Liberação do saque do FGTS Emergencial;
  • Reabertura do Pronamp;
  • Volta do Programa de Redução de jornada e salário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *